Acabar com novo surto de ebola na República Democrática do Congo será ‘uma luta difícil’, diz OMS

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou nesta quarta-feira (10) que acabar com o novo surto de ebola na República Democrática do Congo (RDC), declarado no dia 1º, será “uma luta difícil”.

“Vocês podem imaginar o quão difícil é combater o ebola nessa área, mas nós estamos fazendo o melhor para lidar com isso, e esperamos que, como em 2018, consigamos pará-lo. Mas gostaria de dizer que será uma luta difícil”, declarou Tedros.

O novo surto está ocorrendo no oeste do país, na província de Équateur, onde foram identificados dois pontos de transmissão do ebola. Os primeiros casos foram detectados na cidade de Mbandaka, perto da fronteira com a República do Congo. Segundo a OMS, 12 casos da doença já foram confirmados; oito das vítimas, incluindo dois profissionais de saúde, morreram.

Dos 12 casos da doença, 9 foram confirmados em laboratório; 3 foram diagnosticados com base na ligação que tinham com os que tiveram a doença confirmada.

Outras 289 pessoas foram identificadas como tendo tido contato com algum dos casos confirmados. Nas últimas 24 horas, 88% delas foram rastreadas e tiveram a temperatura checada.

A OMS informou que 600 pessoas foram vacinadas – incluindo as que tiveram contato com os casos confirmados e as que tiveram contatos com os contatos. Outros 227 profissionais de saúde na linha de frente do combate ao vírus também foram imunizados.

Compartilhe nas Redes Sociais

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/e13combr/public_html/96fm/wp-includes/functions.php on line 5107