astrazeneca
astrazeneca

Fiocruz pede à Anvisa registro definitivo da vacina de Oxford

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) confirmou nesta sexta-feira (29/01), que recebeu o pedido de registro definitivo da vacina produzida pela Universidade de Oxford pela e AstraZeneca, com importação da tecnologia feita pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

O pedido feito pela Fiocruz ocorre após processo que se iniciou ainda em junho do ano passado, a chamada “submissão contínua”. Os documentos exigidos pela Anvisa foram enviados enquanto ficavam prontos e no decorrer dos estudos, uma medida para agilizar a análise da reguladora.

De acordo com a Fiocruz:

  • Com a chegada dos insumos para a produção da vacina, 50 milhões de doses serão produzidas no Brasil até abril;
  • 100,4 milhões serão produzidas até julho;
  • No segundo semestre, uma nova importação dos insumos será necessária. De agosto a dezembro, a previsão é de mais 100 milhões de doses.

A vacina já estava liberada de forma emergencial, mas, a partir da possível aprovação do registro definitivo da Anvisa, a Fiocruz poderá produzir e, caso haja uma fabricação mais rápida no futuro, até vender a vacina. Segundo a agência, o prazo máximo para a decisão final de registro é de 120 dias.

Compartilhe nas Redes Sociais

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/e13combr/public_html/96fm/wp-includes/functions.php on line 5107